Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Sistemas de defesa aérea da Rússia já destruíram 16 drones na base de Hmeymim só em agosto

Desde o início de agosto, os sistemas de defesa antiaérea russos instalados na base de Hmeymim, na Síria, já derrubaram um total de 16 veículos aéreos não tripulados lançados por militantes terroristas.


Sputnik

"Um total de 16 veículos aéreos não tripulados, lançados do território controlado por grupos armados ilegais na zona de desescalada de Idlib, foram destruídos desde o início de agosto", afirmou nesta terça-feira o major-general Aleksei Tsygankov, chefe do Centro Russo de Reconciliação na Síria. 

Base militar russa de Hmeymim, Síria
Pantsir na base militar Hmeymim, Síria © Sputnik / Dmitri Vinogradov

A Síria se encontra mergulhada em uma profunda guerra civil desde 2011, com as forças leais ao presidente Bashar Assad tendo que combater diversos grupos armados de oposição, incluindo organizações terroristas como o Daesh e a Frente al-Nusra. Ao longo dos últimos anos, a Rússia tem sido um dos atores mais importantes na luta contra os terroristas que atuam no país, ajudando Damasco a retomar o controle de vastas áreas que antes se encontravam em poder dos militantes.

Na última semana, o Centro de Recepção, Alocação e Acomodação de Refugiados da Defesa russa informou que mais de 1,7 milhão de cidadãos sírios que haviam deixado o país por conta da guerra já teriam manifestado o desejo de retornar para suas casas.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas