Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

'Sou um soldado chinês' mostra todo o poderio militar do gigante asiático (VÍDEO)

O exército chinês exibe suas armas mais avançadas em um filme sobre o recrutamento de civis que acabou se tornando viral nas redes sociais do gigante asiático.


Sputnik

O filme intitulado "Sou um soldado chinês" começou a circular na semana passada. Nas comoventes cenas iniciais aparecem soldados deixando para trás suas famílias. 


Soldados chineses gritando slogans enquanto o presidente Xi Jinping inspeciona o Exército de Libertação Popular, em 30 de junho de 2017
Militares chineses © AP Photo / Kin Cheung

Em seguida, o vídeo muda drasticamente de tom, tornando-se uma propaganda do poderio militar chinês. Acompanhado por uma trilha sonora de estilo épico, há caças, tanques, um grupo de ataque de porta-aviões, inúmeras peças de artilharia e mísseis balísticos.

A revista norte-americana The National Interest observou que o filme é uma produção de alto nível, e que sem dúvidas será atraente para o público masculino. No entanto, "pode ser um pouco assustador ao mesmo tempo, especialmente quando o narrador – um dos soldados no filme – pronuncia a frase 'Atrás de mim, a paz; diante de mim, a guerra', como se esta última fosse inevitável".


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas