Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China desenvolve 2 novos bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, diz inteligência americana

A Força Aérea da China, que já tem dois caças furtivos, está trabalhando em dois novos projetos de aviões furtivos de médio e longo alcance, informou um relatório da inteligência militar dos EUA.
Sputnik

Os fabricantes de aviões chineses estão envolvidos em dois projetos de bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, informou a edição Aviation Week, citando um relatório da Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA.


A existência de um desses projetos, H-20 ou H-X, foi confirmada pela Força Aérea Chinesa em 2017. Entretanto, não foi divulgada nenhuma informação confiável sobre o segundo projeto.

De acordo com o Pentágono, o segundo projeto, designado JH-XX, envolve o desenvolvimento de um caça-bombardeiro de médio alcance. O avião será equipado com radar AESA, mísseis ar-ar e mísseis ar-terra. Os especialistas em inteligência militar estadunidense acreditam que essa aeronave entrará em serviço da Força Aérea chinesa não antes de 2025.

No desenvolvimento desses novos aviões de comba…

A quem Rússia fornece seus avançados fuzis antidrone?

O vice-diretor-geral do consórcio Avtomatika, que faz parte da estatal russa Rostec, Sergei Bukashkin, contou sobre as armas avançadas que a Rússia exporta para outros países.


Sputnik

No seu relatório ao ministro da Indústria e do Comércio, o diretor técnico Bukaskin relatou que a empresa fornece fuzis antidrone Pischal e sistemas eletrônicos fixos Taran à Sérvia a à Ossétia do Sul.

Imagem relacionada
Reprodução

Ao mencionar as capacidades do equipamento, Bukaskin explicou que o sistema antidrone Taran tem um alcance de três quilômetros e o fuzil Pischal — de 2,5 quilômetros.

O vice-diretor também mencionou a versão do sistema antidrone baseada no veículo militar Tigr, cujo alcance atinge 10 quilômetros.

Anteriormente, representantes do consórcio informaram que o fuzil Pischal passou com êxito por testes e deverá ser usado pelo exército russo a partir do ano 2019.

O fuzil antidrone eletrônico Pischal pesa três quilos, sendo capaz de detectar um alvo e suprimir seu sistema de navegação e comunicação em todas as frequências.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas