Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Artilharia do exército sírio elimina instalações de terroristas em Latakia (VIDEO)

Uma fonte do exército sírio comunicou à Sputnik que as suas peças de artilharia pesada conseguiram eliminar as instalações militares cruciais para o desempenho de terroristas no norte da província de Latakia.


Sputnik


Em uma conversa com a Sputnik Árabe, o interlocutor detalhou que se trata das instalações de lançamento de mísseis e de bases de onde eram lançados veículos aéreos não tripulados equipados com bombas.


Resultado de imagem para Artilharia do exército sírio
Artilharia do Exército sírio | Reprodução

A fonte frisou que as coordenadas dos alvos tinham sido comunicadas ao exército pelos serviços de reconhecimento que estão monitorando escrupulosamente a situação nas regiões fronteiriças com a Turquia. Os respectivos postos de vigilância se situam em elevações estratégicas perto das povoações de Qabbani e Badama.

Além disso, o interlocutor da agência comunicou que os terroristas da Frente al-Nusra, agrupamento terrorista proibido na Rússia e em alguns outros países, tinham muitas vezes usado essas mesmas instalações para bombardear povoados civis nos respectivos territórios.


Comentários

Postagens mais visitadas