Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Blindados percorrem 2 estados em operação das Forças Armadas do Brasil (VÍDEO)

A operação Atlântico V reuniu mais de 200 militares em exercícios de grande porte, percorrendo mais de 1.600 Km na região Sul do Brasil e envolvendo as três Forças Armadas: Marinha, Exército e Aeronáutica.


Sputnik

Na ação, 64 viaturas, incluindo 31 viaturas blindadas para transporte de pessoal sobre rodas (VBTP-MSR) Guarani, foram transportadas de trem, do terminal de carga da Ferroeste, em Cascavel, no Paraná, até Paranaguá, no mesmo estado, passando pelos municípios de Guarapuava, Ponta Grossa e Curitiba. De lá, foram levados por meio do transporte rodoviário para Santa Catarina, onde os militares realizaram o exercício de entrada e saída dos carros do navio Mercate Roll-ON/RollOff, no porto de São Francisco do Sul.


Operação Atlântico V percorreu mais de 1.600 Km na região Sul do Brasil
Blindados Guarani na Operação Atlântico V © Foto : Exército Brasileiro

Em nota enviada à Sputnik Brasil, o Exército Brasileiro informou que o objetivo do exercício era levantar dados que permitissem o planejamento do transporte usando os modais ferroviário e marítimo.

"Coube à 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada – Brigada Guarani –,sediada em Cascavel-PR, a missão de conduzir um exercício militar com os objetivos de realizar o adestramento e levantar dados médios que permitam o adequado planejamento do transporte dos meios da Brigada utilizando o modal ferroviário e marítimo", explica a nota.

Atualmente em sua quinta edição, a operação Atlântico tem como objetivo, segundo o Ministério da Defesa, promover a defesa da soberania marítima e das garantias da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar.

Ao todo, a operação conjunta, coordenada pelo Ministério da Defesa, aconteceu ao longo de 13 dias, como parte do calendário de atividades conjuntas do Ministério da Defesa.

"Pode-se dizer que esta etapa da operação Atlântico V foi coroada de pleno êxito, permitindo à 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada intensificar seu adestramento e adquirir novas expertises que atenderão não só a Brigada, mas a todo o Exército e as demais forças", ressalta a nota do Exército Brasileiro.

As próximas etapas da operação Atlântico devem acontecer entre 7 e 13 de novembro, em Itaoca, no Espírito Santo, e no Distrito Federal, dando continuidade ao aprimoramento de ações conjuntas das Forças Armadas.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas