Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil abre processo administrativo para apurar vídeo de militares dançando 'Jenifer' em navio

Em nota, a Marinha informou que e 'foi constatado comportamento completamente incompatível com as tradições' e que irá apurar o ocorrido.
Por G1 Rio

A Marinha do Brasil instaurou um processo administrativo para apurar um vídeo em que um grupo de militares aparece dançando a música "Jenifer" em um navio oficial.


A embarcação, segundo a Marinha, é o Aviso de Instrução Guarda-Marinha Brito, que fica sediado no Rio de Janeiro. A gravação foi feita durante o estágio de mar de militares.

Em nota, a Marinha informou que "foi constatado comportamento completamente incompatível com as tradições da Marinha" e que, para ampliar a apuração do ocorrido, foi instaurado um procedimento administrativo "cuja conclusão, certamente, conterá as propostas pertinentes às necessárias correções no inaceitável comportamento".

Assista o vídeo

Boeing fecha acordo de US$ 194 milhões com a Marinha dos EUA

A empresa Boeing venceu um contrato de US$ 194 milhões para fornecer melhorias no sistema de treinamento de tripulação do Poseidon P-8A da Marinha dos EUA.


Sputnik

O contrato também abrange parceria com o governo da Austrália, segundo divulgado no comunicado de imprensa do Departamento de Defesa dos EUA.

Militares da Marinah dos EUA inspecionam um Boeing P-8A Poseidon.
Militares da US Navy inspecionam Boeing P-8A Poseidon © AP Photo / Ted S. Warren

"A empresa Boeing, de Seattle, Washington, receberá US$ 194.517.924 […] por um contrato para a produção de um sistema de treinamento de tripulação Poseidon P-8A" diz o texto divulgado nesta quarta-feira (12).

O Departamento de Defesa dos EUA explicou que a atualização no sistema de treinamento é necessária para que o treinamento planejado funcione no treinamento inicial e em futuras capacidades de missões.

O Boeing P-8 Poseidon é uma aeronave de reconhecimento marítimo desenvolvida a partir do modelo Boeing 737-800 com um alcance máximo de 7,5 mil quilômetros. Ela serve para conduzir guerra anti-submarinos e também de superfície, além de também servir para a interdição de navios, de acordo com relatórios publicados.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas