Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que alguns países ocidentais não querem libertação de Idlib?

A libertação de Idlib marcará a vitória total das forças governamentais e o fracasso dos planos de países ocidentais de derrubar as autoridades legítimas sírias.
Sputnik

No entanto, segundo Pierre Le Corf, ativista francês que vive em Aleppo, a tarefa não será fácil. 


"Será muito difícil libertar Idlib, porque todas as forças da coalizão lideradas pelos EUA e governos [ocidentais] envolvidos na guerra até o momento se opõem à libertação da província", disse Le Corf à Sputnik França.

Ele comentou que assim que a província síria de Idlib for libertada, terá que "libertar as zonas ocupadas ilegalmente pelos EUA, França e até pela Itália no norte do país". Por esse motivo, nenhum desses países quer a libertação da província.

Le Corf salientou que a intenção de manter o status atual poderia levar a "um massacre da população civil de Idlib", referindo-se às múltiplas advertências dos militares sírios e russos sobre a possível encenação de ataques químicos com o prop…

Brevemente Rússia vai instalar mais 2 regimentos de S-400 na Crimeia, segundo fonte

O quarto regimento de sistemas de mísseis S-400 será desdobrado em breve próximo de Jankoy na Crimeia, informa a mídia.


Sputnik

Na região de Eupatória, na Crimeia, foi ativado o terceiro regimento de S-400. Pouco depois, surgiu a informação de que o quarto regimento está planejado para ser instalado em Jankoy. Os quatro regimentos servirão para garantir a segurança da fronteira aérea russa na Crimeia. Foi ressaltado que em janeiro de 2017, em Teodósia, e em janeiro de 2018, em Sevastopol, foram instalados outros dois regimentos, conforme informou o porta-voz da Frota do Mar Negro.

Sistema de defesa antiaérea S-400 Triumph em Sevastopol
Pantsir S1 e S-400 Triumph © Sputnik / Aleksei Malgavko

Todos os S-400 posicionados em Eupatória, Teodósia, Sevastopol e Jankoy serão protegidos por sistemas de curto alcance Pantsir-S1. Porém, eles têm como principal função proteger o espaço aéreo de ataques aéreos em massa.

Porém, segundo o colocutor, "as informações sobre a instalação do quarto regimento do sistema S-400 em Jankoy, são falsas."

O avançado sistema de defesa antiaérea S-400 Triumph é capaz de destruir alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro, mísseis balísticos, inclusive de médio alcance, assim como alvos terrestres. O radar de detecção precoce do S-400 assegura um alcance de detecção de 600 km, podendo atingir os alvos a uma distância de 400 km e 30 km de altura.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas