Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Brevemente Rússia vai instalar mais 2 regimentos de S-400 na Crimeia, segundo fonte

O quarto regimento de sistemas de mísseis S-400 será desdobrado em breve próximo de Jankoy na Crimeia, informa a mídia.


Sputnik

Na região de Eupatória, na Crimeia, foi ativado o terceiro regimento de S-400. Pouco depois, surgiu a informação de que o quarto regimento está planejado para ser instalado em Jankoy. Os quatro regimentos servirão para garantir a segurança da fronteira aérea russa na Crimeia. Foi ressaltado que em janeiro de 2017, em Teodósia, e em janeiro de 2018, em Sevastopol, foram instalados outros dois regimentos, conforme informou o porta-voz da Frota do Mar Negro.

Sistema de defesa antiaérea S-400 Triumph em Sevastopol
Pantsir S1 e S-400 Triumph © Sputnik / Aleksei Malgavko

Todos os S-400 posicionados em Eupatória, Teodósia, Sevastopol e Jankoy serão protegidos por sistemas de curto alcance Pantsir-S1. Porém, eles têm como principal função proteger o espaço aéreo de ataques aéreos em massa.

Porém, segundo o colocutor, "as informações sobre a instalação do quarto regimento do sistema S-400 em Jankoy, são falsas."

O avançado sistema de defesa antiaérea S-400 Triumph é capaz de destruir alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro, mísseis balísticos, inclusive de médio alcance, assim como alvos terrestres. O radar de detecção precoce do S-400 assegura um alcance de detecção de 600 km, podendo atingir os alvos a uma distância de 400 km e 30 km de altura.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas