Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Embraer e Boeing acertam termos de parceria

Acordo prevê criação de uma nova empresa de aviação comercial, com 80% de participação da gigante americana. Boeing vai pagar 4,2 bilhões de dólares aos brasileiros. Transação precisa ser aprovada pelo governo federal.
Deutsch Welle

A Embraer e a gigante americana Boeing anunciaram nesta segunda-feira (17/12) a aprovação dos termos de uma parceria para criar uma nova empresa de aviação comercial. A execução do acerto ainda precisa do aval do governo brasileiro.


De acordo com a proposta, a Boeing deterá 80% de participação na joint venture pelo valor de 4,2 bilhões de dólares, enquanto a fabricante brasileira ficará com os 20% restantes.

"A expectativa é de que a parceria não terá impacto no lucro por ação da Boeing em 2020, passando a ter impacto positivo nos anos seguintes", diz um comunicado conjunto da Embraer e da Boeing divulgado para investidores.

As duas empresas informaram que a joint venture criada para a fabricação de aviões comerciais, que deve absorver toda a operação…

Confrontos entre tropas israelenses e manifestantes palestinos resultam em mortes de civis

Um palestino foi morto nesta sexta-feira em confrontos com tropas israelenses nas proximidades da fronteira com a Faixa de Gaza, disse o porta-voz do Ministério da Saúde de Gaza, Ashraf Qidra, à Sputnik.


Sputnik

"Um palestino de cerca de 20 anos de idade foi morto e outros 41 sofreram vários ferimentos em confrontos com o exército israelense na proximidade das fronteiras orientais da Faixa de Gaza", disse o porta-voz.

Manifestantes palestinos correm para se proteger de bombas de gás lacrimogêneo disparadas por soldados israelenses durante confrontos em Gaza (arquivo)
© AP Photo / Adel Hana

De acordo com o exército israelense, mais de 10 mil pessoas participaram dos protestos de sexta-feira, queimando pneus, atirando pedras e coquetéis molotov contra soldados israelenses e tentando romper a fronteira. Em resposta, o exército israelense recorreu a veículos especiais, armas e ataques aéreos na parte norte da Faixa de Gaza.

O exército israelense acrescentou que um soldado foi ferido e hospitalizado.

As tensões entre os israelenses e os palestinos na fronteira de Gaza aumentaram desde o final de março. Os recentes distúrbios na fronteira entre Israel e Gaza foram provocados ​por bombardeios contínuos e pelo lançamento de balões incendiários por militantes do Hamas em territórios israelenses.

Os confrontos já deixaram mais de 170 palestinos mortos e cerca de 18 mil feridos.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas