Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Donetsk acusa tropas ucranianas de terem criado agrupamento para atacar milícias

As Forças Armadas ucranianas formaram em Donbass um agrupamento de choque para atacar a autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD), declara o representante oficial do comando operacional da RPD, Eduard Basurin.


Sputnik

Segundo Basurin, o agrupamento consiste de brigadas de fuzileiros navais e de tropas aerotransportadas, de unidades de uma brigada de infantaria de montanha e de uma brigada de infantaria motorizada, bem como de artilharia. Ele acrescenta que está planejado que o ataque seja lançado nas áreas das povoações de Kominternovo e Shirokino, em direção a Novoazovsk e a outras povoações do sul da RPD.

Milícias da autoproclamada República Popular de Donetsk deixam suas posições durante retirada do povoado de Petrovskoe, a 50 quilômetros de Donetsk, em 3 de outubro de 2016
Milicianos de Donetsk © AFP 2018 / Aleksey FILIPPOV

"O número total de destacamentos e unidades militares ultrapassa 12 mil efetivos", ressalta ele.

O resultado da operação deveria ser atingir a fronteira com a Rússia, declara o representante do comando operacional.

Na véspera, Basurin anunciou que os militares estão posicionando o agrupamento de combate na direção de Mariupol. Além disso, eles transferiram artilharia para a área da povoação de Rozovka, controlada por Kiev. Ele assinalou que, em caso de agravamento sério da situação, Donetsk poderia mobilizar reservistas.

O conflito no Leste da Ucrânia dura há mais de quatro anos. A questão da resolução da situação na região é discutida no âmbito de encontros do grupo de contato em Minsk, que já adotou três acordos para pôr fim à guerra no Leste da Ucrânia. Porém, os tiroteios continuam. Segundo os últimos dados, o conflito já resultou em 10 milhares de mortos e cerca de 25 milhares de feridos, mais 1,5 milhão de pessoas se viram obrigadas a abandonar suas casas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas