Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

EUA constroem interceptor dos mísseis hipersônicos russos Kinzhal

Em 1 de março, o presidente russo Vladimir Putin apresentou perante a Assembleia Federal os novos armamentos do país, inclusive os mísseis hipersônicos Kinzhal. Agora, os norte-americanos dizem ter encontrado a "receita" contra a arma.


Sputnik

Assim, a agência de pesquisa militar DARPA acabou de apresentar um conceito de veículo interceptor Glide Breaker que, segundo é afirmado, permitirá fazer frente às armas hipersônicas russas e chinesas, comunica a edição estadunidense The Drive.

Glide Breaker | Reprodução

A preocupação especial entre os militares norte-americanos é provocada pelos novíssimos complexos russos, nomeadamente os Avangard ou Kinzhal. Além disso, eles também têm expressado receio quanto à China, que iniciou igualmente o desenvolvimento de mísseis hipersônicos.

Segundo frisa a edição, a DARPA anunciou o começo de construção e mostrou o conceito do interceptador durante uma exposição que marcou 60º aniversário da agência e decorreu entre 5 e 7 de setembro.

De acordo com os desenvolvedores, o Glide Breaker é um veículo voador de pequeno porte que vai eliminar os mísseis hipersônicos do inimigo através da chamada intercepção cinética, que pressupõe sua alta precisão contra um alvo. A intercepção cinética não implica uma ogiva separada, sendo a eliminação do alvo efetuada com todo o corpo do veículo.

​"O objetivo do programa Glide Breaker consiste em ampliar as capacidades de o país se proteger dos mísseis hipersônicos e de todas as classes de ameaças hipersônicas", se diz na declaração da DARPA. Porém, não foram revelados nenhuns outros detalhes sobre o novo armamento.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas