Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

Explosão em centro esportivo deixa 4 mortos e 18 feridos em Cabul

Um atentado suicida cometido em um centro esportivo de um bairro habitado majoritariamente por xiitas hazara em Cabul (Afeganistão) deixou 4 pessoas mortas e 18 feridas, informou à Agência Efe a Polícia da capital.


EFE

A explosão aconteceu por volta das 18h (horário local, 10h30 em Brasília) no distrito número seis, na região oeste, em um centro onde estavam "atletas", de acordo com o porta-voz da Polícia de Cabul, Hashmat Stanekzai. A ação ainda não foi reivindicada.

Resultado de imagem para Explosão em centro esportivo deixa 4 mortos e 18 feridos em Cabul
Reprodução

"O suicida detonou os explosivos dentro do Clube de Luta Maiwand. A informação inicial mostra que quatro civis morreram e outros 18 ficaram feridos. Todos foram levados para hospitais", disse o porta-voz do Ministério do Interior, Nasrat Rahimi.

Latif Nikzad, morador da região, afirmou à Efe que a explosão aconteceu depois que o segurança do clube foi morto a tiros. Dezenas de jovens estavam no local para uma atividade.

Dashte Barchi, o bairro onde o ataque aconteceu, foi alvo, em meados de agosto, de outro atentado. Na ocasião, uma escola foi atingida, e 34 pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas