Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

'Fantasias de diletantes': Defesa russa refuta versão da derrubada do Il-20

O Ministério da Defesa da Rússia refutou a versão segundo a qual o avião Il-20 foi derrubado na Síria devido a falha do sistema de identificação "amigo-inimigo" (IFF, na sigla em inglês), afirmou nesta quinta-feira (20) o porta-voz do ministério, Igor Konashenkov.


Sputnik

A bateria de defesa antiaérea síria S-200 que derrubou erradamente o Il-20 não tinha o sistema russo de identificação "amigo-inimigo", pois este não pode ser transferido a outros países, explicou o porta-voz.

Avião russo Il-20 (foto de arquivo)
Ilyushin Il-20 © Sputnik / Aleksandr Tarasenkov

"Todas as versões dos chamados especialistas quanto às razões da queda do Il-20 devido à suposta falha do sistema IFF são apenas fantasias de diletantes", comentou o porta-voz da entidade.

Segundo Konashenkov, o sistema de identificação "amigo-inimigo" é rigorosamente individual para cada país e nunca é instalado nas versões de exportação de armamentos russos, a mesma regra é aplicada aos sistemas de defesa aérea russos exportados para a Síria.

"O sistema estatal de identificação "amigo-inimigo" utilizado na Rússia conecta apenas aeronaves e sistemas de defesa aérea pertencentes ao país", disse o militar sublinhando que nunca houve casos de transferências deste sistema para outros países.

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno à base aérea de Hmeymim, no espaço aéreo do Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, de acordo com o ministério.

A defesa russa sublinhou que, quase ao mesmo tempo, quatro caças F-16 de Israel atacaram instalações sírias em Latakia. Segundo a entidade, os pilotos israelenses usaram o avião militar Il-20 russo como um escudo contra os sistemas de defesa antiaérea sírios. O avião russo foi abatido por um míssil S-200 sírio, a queda resultou na morte de 15 militares russos.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas