Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Irã rejeita relatos sobre envio de armas ao Líbano

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Bahram Ghasemi, rejeitou a terça-feira. o recente relatório da Fox News dos EUA de que o Irã tem rotas secretas de contrabando de armas para o Líbano.


Pars Today

De acordo com o Departamento de Relações Públicas do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Bahram Ghasemi rejeitou o relatório da Fox News de que o Irã contrabandeava armas para o Líbano por meio da companhia de aviação civil iraniana.

Irã rejeita relatos sobre envio de armas ao Líbano
Bahram Ghasemi | Reprodução

Ele ressaltou que “a publicação de tais notícias falsas se tornou uma ocorrência comum nos últimos dias e semanas, indicando a escalada da guerra psicológica travada pelos círculos anti-Irã e hostis”.

No último sábado, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano rejeitou como "infundado" e "absurdo" algum relatório anterior da Reuters, alegando que o Irã havia fornecido alguns grupos xiitas no Iraque com mísseis.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas