Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que alguns países ocidentais não querem libertação de Idlib?

A libertação de Idlib marcará a vitória total das forças governamentais e o fracasso dos planos de países ocidentais de derrubar as autoridades legítimas sírias.
Sputnik

No entanto, segundo Pierre Le Corf, ativista francês que vive em Aleppo, a tarefa não será fácil. 


"Será muito difícil libertar Idlib, porque todas as forças da coalizão lideradas pelos EUA e governos [ocidentais] envolvidos na guerra até o momento se opõem à libertação da província", disse Le Corf à Sputnik França.

Ele comentou que assim que a província síria de Idlib for libertada, terá que "libertar as zonas ocupadas ilegalmente pelos EUA, França e até pela Itália no norte do país". Por esse motivo, nenhum desses países quer a libertação da província.

Le Corf salientou que a intenção de manter o status atual poderia levar a "um massacre da população civil de Idlib", referindo-se às múltiplas advertências dos militares sírios e russos sobre a possível encenação de ataques químicos com o prop…

Israel se mostra disposto a colocar na mira mísseis do Irã que estariam no Iraque

Irã negou à mídia qualquer envio de mísseis de curto alcance e tecnologias às milícias xiitas no Iraque, afirmando ainda que isso é "falso e ridículo".


Sputnik

Israel recentemente afirmou que o Irã estaria enviando mísseis de curto e médio alcance, além de tecnologias para o Iraque como parte de um plano para atacar não só Israel, como também qualquer outro inimigo, como os EUA, segundo informou a Reuters.

Apresentação do novo míssil balístico iraniano Fateh
Míssil iraniano Fateh © Foto: Ministério da Defesa do Irã

"Nós estamos certamente monitorando tudo o que está acontecendo na Síria, e em se tratando das ameaças iranianas, nós não estamos nos limitando ao território sírio. Isso deve ficar claro", afirmou o ministro da Defesa israelense, Avigdor Lieberman, à Reuters, reforçando ainda que "nós lidaremos com qualquer ameaça iraniana, não importa de onde ela venha […] A liberdade de Israel é total. Nós mantemos esta liberdade de ação".

O Ministério das Relações Exteriores iraniano afirmou que ficou surpreso com o que foi reportado pela mídia sobre o Irã ter transferido mísseis para o Iraque. O ministério iraniano enfatizou que essas alegações foram "sem evidências" e que essa informação é "inaceitável e falsa".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas