Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Mais poderoso e temido: tanque T-14 recebe novo míssil de alta precisão

O tanque T-14 Armata passa a ser equipado com um novo míssil guiado a laser.


Sputnik

Os novos tanques T-14 Armata serão equipados com mísseis antitanque de alta precisão, capazes de perfurar blindagens com um metro de espessura, segundo fontes do Ministério da Defesa da Rússia, às quais o jornal russo Izvestiya teve acesso. 

T-14 Armata durante o ensaio para a Parada da Vitória em Moscou
Tanque russo T-14 Armata © Sputnik / Mikhail Voskresensky

O seu poder de penetração é muito maior que os 630 milímetros de espessura da blindagem frontal do M1A2 SEP Abrams, o principal carro de combate dos EUA.

O míssil faz parte do conjunto de projéteis do canhão de 152 mm, que ainda não foi instalado neste tanque. Atualmente o Armata está equipado com um canhão de 125 mm, que os militares russos ainda consideram suficientemente poderoso.

O novo míssil consiste em um projétil e um dispositivo propulsor do disparo, após o que o seu próprio motor é ligado. O sistema de pontaria do tanque direciona o canhão para o alvo automaticamente, embora o operador possa ajustar a trajetória a qualquer momento.

Com um alcance de mais de cinco quilômetros e guiado a laser, é quase impossível desviar seu curso e impedir sua eficácia com sistemas de blindagem reativos ou ativos, já que seu poder de penetração é garantido pelo grande peso de sua munição e sua carga em tandem.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas