Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: Rússia e Turquia decidirão que grupos deixarão zona de Idlib

Rússia e Turquia irão determinar em conjunto quais grupos radicais deverão deixar o território da zona desmilitarizada de Idlib, na Síria, segundo afirmou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, neste domingo.
Sputnik

"Durante negociações sobre Idlib em Sochi, nós decidimos estabelecer uma zona desmilitarizada entre os territórios controlados pela oposição e pelo regime. A oposição permanecerá nos territórios que ela ocupa. Vamos garantir que os grupos radicais, designados em conjunto com a Rússia, não operem na região", disse Erdogan em artigo publicado pelo jornal russo Kommersant

Ainda de acordo com o líder turco, Washington segue atrapalhando o equilíbrio na região com seu apoio às Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG) e ao Partido da União Democrática (PYD) na Síria, considerados adversários de Ancara.

"Infelizmente, vemos que o apoio extraordinário que tem sido prestado recentemente, especialmente pelos Estados Unidos, às forças do YPG e do PYD, continua. Tais …

Marinha americana troca gigantesco motor de destróier furtivo

O segundo dos três destróieres da classe Zumwalt precisou trocar uma de suas turbinas após apresentar danos em suas hélices, sofridos durante testes no mar.


Sputnik

O destróier Michael Monsoor (DDG-1001) da classe Zumwalt, teve uma de suas duas turbinas substituída em uma operação delicada, devido ao peso do motor. Além disso, a Marinha dos EUA não possuía um sistema para remover e colocar o motor dentro do navio, tendo sido criado um novo projeto para substituir o motor danificado por outro igual de 15 toneladas.

USS Michael Monsoor, segundo navio de guerra norte-americano da classe Zumwalt
USS Michael Monsoor (DDG-1001) © AP Photo / Robert F. Bukaty

Anteriormente, em alguns testes, os construtores notaram vibrações incomuns e descobriram ter perdido alguma parte do motor dentro de uma das turbinas, causando alguns danos. Mesmo funcionando, a turbina foi trocada por recomendação dos construtores.

O Michael Monsoor faz parte do projeto que envolve a construção de destróieres da classe Zumwalt, geradores de controvérsias por seu elevado custo, o que levou à redução de unidades construídas de 28 a 3 unidades. Além disso, os EUA descartaram muitas das tecnologias avançadas devido à baixa viabilidade.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas