Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Marinha russa receberá 2 novas fragatas até o fim de 2022

A Marinha russa receberá 2 novas fragatas do projeto 22350 até o final de 2022, segundo o diretor-geral da Severnaya Verf, Igor Ponomaryov.


Sputnik

O projeto 22350 conta com quatro navios, sendo eles as fragatas Admiral Gorshkov, Admiral Kasatonov, Admiral Golovko e Admiral Isakov, que entrarão em serviço da Frota do Norte e do Pacífico entre 2020 e 2022.

Fragata russa Admiral Gorshkov
Fragata russa Admiral Gorshkov © Sputnik / Alexei Danichev

A fragata Admiral Gorshkov foi entregue à Marinha em julho deste ano, enquanto a fragata Kasatonov está passando por testes operacionais e será entregue em 2019.

Ponomaryov enfatizou que o problema da unidade propulsora já foi resolvido e que em 2019 os estaleiros Severnaya Verf receberão da empresa russa NPO Saturn os novos motores de turbina a gás, anteriormente produzidos na Ucrânia.

As fragatas de 135 metros de comprimento deslocam 5.000 toneladas e possuem uma autonomia de mais de 4.000 milhas náuticas. Além disso, serão equipadas com mísseis antissubmarino e antinavio e um canhão principal de 130 mm A-192M. Elas receberão também o sistema naval de defesa antiaérea Poliment-Redut e 16 lançadores de mísseis antinavio Onyks ou Kalibr.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas