Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.
Sputnik

"O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da f…

Ministro iraquiano: Ministros do exterior do Iraque, Irã e Turquia consideram a segurança nas fronteiras

O ministro do Interior do Iraque, Qasim al-Araji, anunciou na quarta-feira que ministros do exterior do Iraque, Irã e Turquia devem considerar a segurança das fronteiras em uma reunião conjunta.


Pars Today

Ele fez as declarações em uma entrevista coletiva com seu homologo iraniano, o ministro do Interior Abdolreza Rahmani Fazli.

Ministro iraquiano: Ministros do exterior do Iraque, Irã e Turquia consideram a segurança nas fronteiras

Al-Araji apontou para a importância da segurança das fronteiras em três seções diferentes de passageiros e peregrinos, comércio local e terrestre, combate ao narcotráfico e ao terrorismo e disse que uma reunião trilateral será realizada em breve.

"Nós discutimos os três itens acima mencionados com o equivalente iraniano", acrescentou Al-Araji.

Rahmani Fazli, chefe de uma delegação de alta segurança política, chegou a Bagdá na manhã de quarta-feira para discutir os rituais de Arbaeen.

Ele assinou um memorando de entendimento (MoU) sobre a cooperação com seu colega iraquiano em Arbaeen Rituals.

O embaixador do Irã no Iraque, Iraj Masjedi, vice-ministro do Interior para assuntos de segurança, Hossein Zolfaqari, e o comandante da Força de Fronteira, brigadeiro-general Qassem Rezaei, participaram da cerimônia de assinatura.

Cerca de quatro milhões de peregrinos iranianos viajam anualmente para o Iraque, principalmente no tempo dos rituais de Arbaeen.

Também cerca de dois milhões de peregrinos e turistas iraquianos visitam o Irã anualmente.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas