Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

'Momento arrepiante': mídia britânica fica atemorizada com lança-foguetes russo (VÍDEO)

O jornal britânico The Sun comentou o vídeo de um lançador múltiplo de foguetes russo Uragan disparando durante as manobras Vostok 2018.


Sputnik

Segundo refere a matéria da edição, as imagens dos exercícios no polígono de Tsugol na região de Transbaikal são "arrepiantes".

Lançadores múltiplos de foguetes russos Uragan no polígono de Tsugol, região de Transbaikal, durante as manobras Vostok 2018
BM-27 Uragan © Sputnik / Ministério da defesa da Rússia

"A Rússia deixou que o mundo desse uma olhada no assustador lançador múltiplo de foguetes Uragan durante suas maiores manobras das últimas décadas", diz o artigo.

The Sun sublinha que as imagens assustadoras mostram "um veículo de 20 toneladas disparando mísseis de 280 quilos em uma impressionante cadência de dois tiros por segundo". Além do Uragan, nas manobras foram apresentadas várias outras armas, ressalta a edição.

As manobras Vostok, as maiores da história moderna russa, decorrem entre 11 e 17 de setembro no Extremo Oriente russo e nas águas adjacentes do oceano Pacífico. As manobras envolvem mais de 300 mil militares, mais de mil aviões, helicópteros e drones, até 36 mil tanques, veículos blindados de transporte e outros, até 80 navios.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas