Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Novo caça F-35B dos EUA se estreia em combate real no Afeganistão (VÍDEO)

O novo caça F-35B de quinta geração dos EUA, na versão para o Corpo de Fuzileiros Navais, foi usado em combate real no Afeganistão em uma operação contra os insurgentes.


Sputnik

Segundo uma fonte militar, o ataque do F-35B foi realizado em 27 de setembro, tendo como alvo um "local fixo do Talibã". A mídia reportou que o caça decolou do navio de assalto anfíbio Essex. No entanto, o número exato de caças e o tipo específico de munição usados não foi especificado.


Caça F-35B
F-35 Lightining II © AP Photo / Ross D. Franklin

Os militares dos EUA também publicaram o vídeo do início da missão "histórica".

É a primeira missão em que o F-35B é usado depois que o programa sofreu uma série de atrasos provocados por centenas de falhas técnicas – mais de 1.000 identificadas pelo Pentágono.

"O comando das Forças Terrestres descreveu o ataque complementar de apoio à operação terrestre como um sucesso", relatou o comunicado divulgado pelo Pentágono em 28 de setembro.

No entanto, o sucesso da estreia foi ofuscado pela queda de um F-35B no estado norte-americano da Carolina do Sul, nesta sexta-feira (28).


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas