Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: Rússia e Turquia decidirão que grupos deixarão zona de Idlib

Rússia e Turquia irão determinar em conjunto quais grupos radicais deverão deixar o território da zona desmilitarizada de Idlib, na Síria, segundo afirmou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, neste domingo.
Sputnik

"Durante negociações sobre Idlib em Sochi, nós decidimos estabelecer uma zona desmilitarizada entre os territórios controlados pela oposição e pelo regime. A oposição permanecerá nos territórios que ela ocupa. Vamos garantir que os grupos radicais, designados em conjunto com a Rússia, não operem na região", disse Erdogan em artigo publicado pelo jornal russo Kommersant

Ainda de acordo com o líder turco, Washington segue atrapalhando o equilíbrio na região com seu apoio às Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG) e ao Partido da União Democrática (PYD) na Síria, considerados adversários de Ancara.

"Infelizmente, vemos que o apoio extraordinário que tem sido prestado recentemente, especialmente pelos Estados Unidos, às forças do YPG e do PYD, continua. Tais …

ONU afirma que consultas de paz sobre o Iêmen começaram

O enviado especial da ONU para o Iêmen, Martin Griffiths, afirmou neste sábado que apesar de os rebeldes houthis não terem chegado a Genebra para participar das consultas de paz, o diálogo sim começou.


EFE

"Para mim o importante é que as consultas começaram estes últimos dias. Tivemos profundas e enriquecedoras consultas com o Governo. O processo começou, talvez não da maneira como queríamos, mas começou", afirmou Griffiths em entrevista coletiva.


Resultado de imagem para onu iemen
Em Taiz, Iêmen, pessoas durante um abastecimento de água. Foto: OMS

Ele acrescentou que os houthis não chegaram a Genebra "porque não puderam" e especificou que os rebeldes "queriam estar aqui, gostariam de estar aqui, mas não haviam as condições", ressaltou Griffiths, sem dar mais detalhes de quais foram essas condições.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas