Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Executiva da Huawei deixa a prisão após pagar fiança no Canadá; ex-diplomata canadense é preso na China

Justiça aceitou pedido da chinesa, que foi detida a pedido dos Estados Unidos e corria risco de extradição. Fiança estipulada fixada em US$ 7,5 milhões.
Por G1

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, foi solta nesta quarta-feira (12) depois de passar 11 dias presa no Canadá.

A executiva teve aceito o pedido de liberdade condicional, por um juiz canadense. O valor da fiança foi fixado em 10 milhões de dólares canadenses (US$ 7,5 milhões).

Meng saiu da prisão poucas horas depois da ordem do juiz, informou o canal Global News.

"O risco de que não se apresente perante o tribunal (para uma audiência de extradição) pode ser reduzido a um nível aceitável, impondo as condições de fiança propostas por seu assessor", disse o juiz, aplaudido na sala do tribunal pelos partidários da empresa chinesa, informa a France Presse.

As condições de libertação incluem a entrega de seus dois passaportes, que permaneça em uma de suas residências de Vancouver e use tornozeleira eletrônica. Além dis…

Porta-aviões Harry S. Truman se junta à 6ª Frota da Marinha dos EUA

O grupo de ataque do porta-aviões Harry S. Truman iniciou a última fase de sua adesão à 6ª Frota da Marinha dos EUA, que é responsável pelo grupo de operações na Europa e na África. O anúncio foi feito pela própria instituição militar nesta terça-feira (18).


Sputnik

Conforme divulgado em comunicado à imprensa pela Marinha norte-americana, o grupo de ataque é composto pelo navio-almirante Classe Nimitz, o porta-aviões USS Harry S. Truman; nove esquadrões do Carrier Air Wing 1; o cruzador USS Normandy; e os dois destróieres Classe Arleigh Burke, USS Arleigh Burke e USS Forrest Sherman.

Porta-aviões USS Nimitz Harry S. Truman
Porta-aviões norte-americano USS Harry S. Truman © AP Photo / Fabrizio Bensch/Pool

A Marinha dos EUA explicou que ativos adicionais do grupo de ataque na região incluiriam os destróieres Classe Arleigh Burke, Bulkeley e Farragut.

O grupo de ataque saiu de Norfolk em agosto, completando exercícios e qualificações no Atlântico, para incluir participação em operações ao lado do porta-aviões Classe Nimitz Abraham Lincoln (CVN 72) e operações bilaterais ao lado da Marinha Real do Canadá, afirmou o comunicado.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas