Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Putin: terroristas estão preparando provocações na província síria de Idlib

Ao discursar na cerimônia de abertura da cúpula entre a Turquia, Rússia e Irã, o presidente russo Vladimir Putin afirmou que os terroristas na província síria de Idlib estão preparando provocações, inclusive com armas químicas.


Sputnik

O líder lembrou que na zona de desescalada na província de Idlib estão concentrados os grupos extremistas que restam no país, tentando desestabilizar a situação.

Resultado de imagem para vladimir putin
Vladimir Putin | Reprodução

"Os terroristas estão tentando minar o regime de cessar-fogo [em Idlib] e, mais que isso, estão realizando e preparando vários tipos de provocações, inclusive com armas químicas", disse Putin.

Ao mesmo tempo, o presidente sublinhou o "progresso significativo" alcançado para a resolução da situação síria. Segundo ele, mais de 15 mil refugiados sírios voltaram para casa no último mês e meio.

A operação em Idlib e a regulação da situação na Síria se tornaram os temas principais da cúpula trilateral entre Rússia, Turquia e Irã que decorre hoje (7) em Teerã.

O território da província síria de Idlib continua sendo a última região do país não controlada pelas tropas do governo.

Nos últimos dias, a situação em torno da Síria piorou. O porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov, disse que, segundo fontes independentes, os terroristas do grupo Tahrir al-Sham estão preparando uma provocação em Idlib para culpar Damasco do uso de armas químicas contra civis.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas