Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

'Radar voador' A-50U ajuda a repelir ataque do 'inimigo' nas manobras Vostok 2018

Aeronave equipada com sistema aéreo de alerta e controle A-50U participou no rechaço de um ataque aéreo do inimigo convencional no decorrer das manobras Vostok 2018, comunicaram do Departamento de Informação e Comunicação de Massa do Ministério da Defesa russo.


Sputnik

"Durante o exercício da etapa de ações reais das forças no polígono de Tsugol, das ações de rechaço do ataque aéreo do inimigo convencional participou uma aeronave de alerta e controle antecipado A-50U", disseram no Departamento.

Resultado de imagem para beriev a-50
Beriev A-50 Mainstay | Reprodução

A tripulação e a guarnição do complexo de radar aéreo cumpriram as tarefas de patrulhamento aéreo, detecção de alvos aéreos e transmissão de suas coordenadas aos caças MiG-31, SU-35S, SU-30SM das forças da defesa antiaérea de serviço do Distrito Militar Oriental.

A utilização da aeronave A-50U permitiu detectar e interceptar a tempo todos os alvos aéreos a uma distância de mais de 200 quilômetros, antes de eles entrarem na zona de responsabilidade dos destacamentos de defesa antiaérea da região.

As manobras Vostok, as maiores da história da Rússia moderna, decorrem entre 11 e 17 de setembro no Extremo Oriente russo e nas águas adjacentes do oceano Pacífico sob chefia do ministro da Defesa Sergei Shoigu. As manobras envolvem mais de 300 mil militares, dezenas de milhares de aviões, helicópteros e drones, até 36 mil tanques, veículos blindados de transporte e outros e até 80 navios.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas