Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.
Sputnik

"O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da f…

Rápido e potente: saem mais detalhes sobre novo sistema de mísseis antiaéreos russo (VIDEO)

O Ministério da Defesa da Rússia revelou detalhes sobre as características táticas e técnicas do novo sistema de mísseis antiaéreos russo Sosna, estreado no final de agosto no âmbito do Fórum Internacional Técnico-Militar ARMY 2018.


Sputnik

A singularidade do novo sistema, cuja principal função é proteger instalações militares de ataques aéreos, está nas várias inovações desenvolvidas por engenheiros russos, explicou Vladimir Ukleev, chefe de projeto do sistema de mísseis antiaéreos, citado pelo Ministério da Defesa da Rússia no jornal Zvezda.


Sistema de mísseis antiaéreos russo Sosna no âmbito do Fórum Internacional Técnico-Militar EXÉRCITO 2018
Sistema antiaéreo russo Sosna © Sputnik / Vitali Belousov

O Sosna pode ser usado em todos os tipos de operações de combate, inclusive em andamento. Durante os exercícios, o sistema disparou com sucesso contra alvos "inimigos" a uma velocidade de até 30 quilômetros por hora.

Este incrível veículo de combate é capaz de operar eficazmente sob quaisquer condições climáticas, bem como em condições de visibilidade reduzida, mesmo na presença de interferências naturais ou artificiais, criadas pelo inimigo.

Além disso, tem capacidade de agir contra alvos terrestres destruindo objetivos protegidos com blindagem leve — fato que foi provado com sucesso durante a fase de testes.

O sistema Sosna é equipado com 12 mísseis guiados antiaéreos 9M340 Sosna-R, que podem atingir alvos voando a uma velocidade de 300 m/s em altitudes de até cinco quilômetros, mísseis de cruzeiro a velocidades de até 250 m/s e helicópteros a 100 m/s. Os mísseis também podem ser usados contra drones.



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas