Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Rússia desenvolve novo caça VTOL embarcado

A Rússia está desenvolvendo um novo caça de decolagem e pouso vertical (VTOL – Vertical Take-Off and Landing) sob instruções do presidente russo, Vladimir Putin, disse o vice-premiê russo Yuri Borisov no final de agosto.


Poder Aéreo

“Este trabalho foi realmente incluído no programa de rearmamento do Estado. Ele foi iniciado seguindo instruções do comandante supremo das Forças Armadas russas. Modelos conceituais e protótipos estão sendo desenvolvidos no estágio atual”, disse Borisov.

Yakovlev Yak-141
Yakovlev Yak-141

Ele ressaltou que os projetistas estavam criando um novo jato em vez de modificar aeronaves existentes.

“Não há dúvida de que todos os porta-aviões precisarão de uma nova frota de aeronaves no futuro. Essa é a razão pela qual várias tecnologias estão sendo usadas para garantir a decolagem e pouso curto ou apenas a decolagem”, afirmou Borisov.

“O Ministério da Defesa da Rússia está envolvido nesse tipo de trabalho conceitual desde o ano passado”, acrescentou o vice-primeiro-ministro.

Visão em corte do Yakovlev Yak-141

Segundo Borisov, os prazos concretos dependerão de um ciclo tecnológico. “Como regra, leva de 7 a 10 anos se a produção em série for lançada”, disse ele.

No verão de 2017, Borisov, que era o vice-ministro da Defesa da Rússia na época, disse que o Ministério da Defesa e os fabricante de aeronaves estavam discutindo a criação de uma aeronave de decolagem e pouso vertical para o futuro cruzador de aeronaves. Ele então esclareceu que o jato de combate seria desenvolvido de uma linha de aeronaves VTOL do Yakovlev Design Bureau.

FONTE: TASS

Postar um comentário

Postagens mais visitadas