Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: Rússia e Turquia decidirão que grupos deixarão zona de Idlib

Rússia e Turquia irão determinar em conjunto quais grupos radicais deverão deixar o território da zona desmilitarizada de Idlib, na Síria, segundo afirmou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, neste domingo.
Sputnik

"Durante negociações sobre Idlib em Sochi, nós decidimos estabelecer uma zona desmilitarizada entre os territórios controlados pela oposição e pelo regime. A oposição permanecerá nos territórios que ela ocupa. Vamos garantir que os grupos radicais, designados em conjunto com a Rússia, não operem na região", disse Erdogan em artigo publicado pelo jornal russo Kommersant

Ainda de acordo com o líder turco, Washington segue atrapalhando o equilíbrio na região com seu apoio às Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG) e ao Partido da União Democrática (PYD) na Síria, considerados adversários de Ancara.

"Infelizmente, vemos que o apoio extraordinário que tem sido prestado recentemente, especialmente pelos Estados Unidos, às forças do YPG e do PYD, continua. Tais …

Rússia inicia testes preliminares do radar aéreo da aeronave A-100

Na Rússia começaram os testes preliminares do equipamento de bordo do radar aéreo multiuso de vigilância, pontaria, reconhecimento, alerta e controle A-100, segundo relatou à Sputnik o representante da estatal russa Rostec na quinta-feira (6).


Sputnik

"O trabalho está sendo realizado pela Ruselectronics conforme o cronograma aprovado. No momento, a montagem do A-100 já foi concluída: foi montado o equipamento especial de bordo na fuselagem da aeronave e instalada a carenagem da antena com o equipamento de rádio e de radar", disse o representante da Rostec.

Imagem relacionada
Beriev A-100 | Reprodução

Ele acrescentou que, no âmbito de preparação para os testes do protótipo A-100, foram realizados testes estáticos e de frequências do sistema de bordo do A-100.

Segundo ele, o laboratório voador A-100LL é ativamente utilizado na fase de testes e já foram realizados mais de uma dezena de voos com o primeiro conjunto de aparelhagem aérea especial.

Os trabalhos do projeto experimental para o desenvolvimento do A-100 são conduzidos pela corporação Vega (faz parte da Ruselectronics) em cooperação com várias empresas da indústria de defesa do país e de acordo com um contrato público com o Ministério da Defesa da Rússia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas