Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.
Sputnik

"O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da f…

Rússia inicia testes preliminares do radar aéreo da aeronave A-100

Na Rússia começaram os testes preliminares do equipamento de bordo do radar aéreo multiuso de vigilância, pontaria, reconhecimento, alerta e controle A-100, segundo relatou à Sputnik o representante da estatal russa Rostec na quinta-feira (6).


Sputnik

"O trabalho está sendo realizado pela Ruselectronics conforme o cronograma aprovado. No momento, a montagem do A-100 já foi concluída: foi montado o equipamento especial de bordo na fuselagem da aeronave e instalada a carenagem da antena com o equipamento de rádio e de radar", disse o representante da Rostec.

Imagem relacionada
Beriev A-100 | Reprodução

Ele acrescentou que, no âmbito de preparação para os testes do protótipo A-100, foram realizados testes estáticos e de frequências do sistema de bordo do A-100.

Segundo ele, o laboratório voador A-100LL é ativamente utilizado na fase de testes e já foram realizados mais de uma dezena de voos com o primeiro conjunto de aparelhagem aérea especial.

Os trabalhos do projeto experimental para o desenvolvimento do A-100 são conduzidos pela corporação Vega (faz parte da Ruselectronics) em cooperação com várias empresas da indústria de defesa do país e de acordo com um contrato público com o Ministério da Defesa da Rússia.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas