Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Rússia pode exportar porta-helicópteros, diz ministro russo

Os construtores navais russos estão prontos para construir navios porta-helicópteros para países estrangeiros em caso de pedidos relevantes, disse à Sputnik o ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Denis Manturov.


Sputnik

"Só posso dizer que somos realmente capazes de construir porta-helicópteros e vendê-los a clientes, incluindo estrangeiros, que tenham interesse nisso", disse Manturov.

The Russian Krylov State Research Center has developed a helicopter carrier project to replace the Mistral-class warships that were not delivered by France, a high-ranking official in the Russian military industrial complex said Friday
© Sputnik / Igor Zarembo

O desenvolvimento da tecnologia tornou-se uma necessidade. A Rússia planejava comprar navios de assalto anfíbios da classe Mistral da França, mas o contrato de 1,2 bilhão de euros foi oficialmente encerrado em 2015 devido às sanções contra a Rússia.

Já em agosto, Manturov disse à Sputnik que a Rússia construiria navios de assalto anfíbio capazes de transportarem helicópteros.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas