Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Rússia revela ter ainda mais evidências sobre o incidente do Il-20, diz governo russo

O Ministério da Defesa da Rússia tem mais evidências para dar suporte aos materiais apresentados no domingo (23) em um comunicado sobre a derrubada do jato militar Il-20 russo na Síria, disse porta-voz do ministério, Maj. Igor Konashenkov disse.


Sputnik

"Gostaria de abordar aqueles que tentariam falsear ou refutar as informações apresentadas. O Ministério da Defesa da Rússia também tem outros dados convincentes sobre a tragédia de 17 de setembro, que provam os materiais apresentados no comunicado", destacou Konashenkov, sem detalhar o tipo de evidência em posse do Ministério.

Resultado de imagem para Igor Konashenkov
Igor Konashenkov | Reprodução

O porta-voz do Ministério da Defesa russo ainda acrescentou que o lado russo também usou os materiais fornecidos pelo lado israelense na preparação dos dados do comunicado.

"A cronologia por minuto da catástrofe do Il-20 e as ações da aviação israelense em 17 de setembro apresentadas no comunicado são baseadas nos dados do controle objetivo do espaço aéreo de vários radares na Síria", afirmou Konashenkov.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas