Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Trump diz que Kim Jong-Un tem sido 'incrível'

'Obviamente conversamos sobre a Coreia do Norte, onde estamos fazendo um tremendo progresso', afirmou, após encontro com presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, em Nova York. Segundo encontro entre Trump e Kim Jong-un deve ser anunciado em breve.


France Presse

O presidente dos EUA, Donald Trump, saudou o "incrível" líder da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, nesta segunda-feira (24), e disse que em breve poderá anunciar uma segunda cúpula com seu antigo arqui-inimigo.

Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Coreia do Sul, Moon Jae-in, se cumprimentam durante encontro em Nova York, onde participam da 73ª Assembleia Geral da ONU, na segunda-feira (24) — Foto: Reuters/Carlos Barria
Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Coreia do Sul, Moon Jae-in, se cumprimentam durante encontro em Nova York, onde participam da 73ª Assembleia Geral da ONU, na segunda-feira (24) — Foto: Reuters/Carlos Barria

"Nós obviamente conversamos sobre a Coreia do Norte, onde estamos fazendo um tremendo progresso", disse Trump a repórteres após conversar com seu colega sul-coreano, Moon Jae-in.

"O presidente Kim foi realmente muito aberto e incrível, sinceramente, e acho que ele quer ver algo acontecer", acrescentou Trump, que está em Nova York para a Assembleia Geral anual das Nações Unidas.

"Eu acho que dentro de um período de tempo relativamente curto, (a cúpula) será anunciada. O local será determinado, mas nós dois estamos muito ansiosos para recebê-la."

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas