Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

150 anos da Travessia do Chaco

No dia 19 de outubro, o Exército Brasileiro realiza as comemorações alusivas aos 150 anos da Travessia do Chaco, com o objetivo de homenagear todos os militares brasileiros que, heroicamente, construíram a Estrada do Chaco, na Campanha da Tríplice Aliança. O evento ocorre no 9º Batalhão de Engenharia de Combate, na guarnição de Aquidauana (MS).


Forças Terrestres

A celebração envolverá os seguintes eventos: lançamento da medalha comemorativa; palestra; encenação ao ar livre e almoço de confraternização.

Passagem do Chaco, óleo sobre tela de Pedro Américo
Passagem do Chaco, óleo sobre tela de Pedro Américo

Histórico:

Durante a Guerra da Tríplice Aliança, Caxias precisava atacar, pela retaguarda, o Exército Paraguaio em suas linhas defensivas do Piquissiri, desbordando a posição de Angustura. Nesse contexto, a melhor opção foi a travessia do Chaco.

Foram quase 11 km de estrada em terreno pantanoso. Missão difícil de executar, mas não impossível para a Engenharia Imperial. Os Paraguaios acreditavam na impossibilidade de deslocamento do Exército pelo Chaco, que se apresentava como um obstáculo natural quase intransponível. O Marquês de Caxias seguiu o conselho de Maquiavel: “É preciso ousar, empreender aquilo que o adversário julga impossível” (Estrada do Chaco, obra do Coronel Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia).

Serviço:

150 Anos da Travessia do Chaco
Data: 19 de outubro de 2018.
Local: 9º Batalhão de Engenharia de Combate, na guarnição de Aquidauana (MS).
O evento é aberto à imprensa.

Outras informações: Seção de Comunicação Social, telefone (67) 998464066 e email: s5_9becmb@yahoo.com.br.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas