Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Avião de reconhecimento dos EUA foi detectado sobrevoando base russa na Síria

Avião da Força Aérea dos EUA com prefixo 64-14848 decolou às 04h00 (pelo horário de Brasília) da base aérea da baía de Suda, localizada na ilha de Creta.


Sputnik

Segundo o portal Russkoe Oruzhie, os dados foram registrados pelo serviço de monitoramento de recursos de aviação ocidentais.

RC-135 (imagem referencial)
Boeing RC-135 © flickr.com/ Lance Cheung

O avião Boeing RC-135V realizou aproximadamente dez sobrevoos ao longo da costa síria e se aproximou da base aérea de Hmeymim a uma distância de 60 km. Vale ressaltar que o avião é um dos aviões estratégicos da Força Aérea dos EUA destinado à vigilância eletrônica, sendo equipado com aparelhos sofisticados para interceptação de comunicações e detecção de sinais eletrônicos, além de ser utilizado no combate contra outras aeronaves e defesas antiaéreas.

Em relação à missão em torno da base russa, não é possível ter dúvidas sobre o real motivo da missão. Ela estaria relacionada com a entrega dos sistemas russos S-300, que tem sido uma grande preocupação do Pentágono.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas