Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares revelam como suas vidas foram destruídas pelo Exército dos EUA

O Twitter oficial do Exército dos EUA realizou uma pesquisa para averiguar como o serviço impactou a vida de seus militares.
Sputnik

Atualmente, mais de 9.000 pessoas já compartilharam suas opiniões. Apesar de constatarem que o serviço no Exército fortalece fisicamente e emocionalmente as pessoas, dando algum sentido às suas vidas e abrindo perspectivas profissionais, há muitos outros comentários com declarações céticas e críticas sobre a influência do Exército dos EUA no mundo, no país e na sua vida pessoal.

Várias pessoas compartilharam histórias de seus familiares que cometeram suicídio, sofreram de transtorno por estresse pós-traumático, passaram por mudanças radicais de caráter e comportamento ou deixaram de ser saudáveis depois de participarem em ações militares dos EUA.

Além disso, há aqueles cujos familiares ou eles próprios foram abusados durante o serviço.

Outros usuários recordaram que os horrores da guerra deixam cicatrizes na mente.

Diversos outros usuários da rede social compa…

Avião espião britânico teria sido detectado perto da Síria em meio à entrega de S-300

Um avião de reconhecimento britânico realizou um voo sobre os territórios de Israel e Jordânia, perto da fronteira síria, conforme indicam vários serviços de monitoramento de voos.


Sputnik

O avião da Força Real Aérea Boeing RC-135W Rivet Joint decolou da base aérea de Souda Bay, na ilha grega de Creta, sobrevoou os territórios perto da fronteira do sul da Síria e voltou ao aeródromo.


Resultado de imagem para raf Boeing RC-135W Rivet Joint
Boeing RC-135W Rivet Joint da RAF | Reprodução

Não foi a primeira vez que a aviação britânica sobrevoou esta região ao longo da semana. Em 16 de outubro, uma aeronave do mesmo tipo junto com um avião de vigilância aérea e terrestre Sentinel R.1, seguiu uma rota parecida.

Os aviões Boeing RC-135W Rivet Joint são destinados a detectar atividades de radares com o fim de localizar os sistemas de defesa antiaérea inimigos.

As informações sobre voos de reconhecimento surgem duas semanas depois de a Rússia ter entregado à Síria sistemas de defesa antiaérea S-300.

Tal medida foi tomada após a derrubada acidental de um avião militar russo pela defesa antiaérea síria. A aeronave russa teria sido usada como escudo pela Força Aérea de Israel e provocou a morte de 15 militares que estavam a bordo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas