Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Brasil e Peru abrirão centros de manutenção de helicópteros russos neste ano

Espaços serão dedicados ao reparo de veículos russos que já operam nos céus da América Latina.


Maria Aleksandrova | Russia Beyond

Os centros de manutenção e reparo de helicópteros russos serão inaugurados no Brasil e Peru entre novembro e dezembro deste ano, informou o vice-diretor-geral para o serviço pós-venda da Russian Helicopters, Ígor Tchéchikov, à agência RIA Novosti.

Resultado de imagem para Brasil e Peru abrirão centros de manutenção de helicópteros russos neste ano
Mil Mi-171 | Vitali V. Kuzmín

“Esses dois centros serão inaugurados antes do final deste ano”, declarou o executivo durante a exposição ADEX-2018, realizada em Baku, capital do Azerbaijão.

Além disso, Tchéchikov destacou que ambas as partes estão envolvidas na construção dos centros. Tanto o Brasil como o Peru se encarregam de preparar o hangar e edifícios, enquanto o lado russo fornece os equipamentos para o reparo dos veículos.

Ainda de acordo com a RIA Novosti, o centro no Peru será usado para a manutenção de 24 aeronaves Mi-171Sh fornecidas ao país desde 2013; já o Brasil, está construindo um centro multifuncional para o reparo de diferentes helicópteros, incluindo os Mi-35 anteriormente fornecidos ao país latino-americano.

A inauguração do centro de manutenção de helicópteros no Peru estava originalmente prevista para 2017. A expectativa é que esse complexo sirva de suporte para helicópteros russos que operam em outros países da América Latina.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas