Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que alguns países ocidentais não querem libertação de Idlib?

A libertação de Idlib marcará a vitória total das forças governamentais e o fracasso dos planos de países ocidentais de derrubar as autoridades legítimas sírias.
Sputnik

No entanto, segundo Pierre Le Corf, ativista francês que vive em Aleppo, a tarefa não será fácil. 


"Será muito difícil libertar Idlib, porque todas as forças da coalizão lideradas pelos EUA e governos [ocidentais] envolvidos na guerra até o momento se opõem à libertação da província", disse Le Corf à Sputnik França.

Ele comentou que assim que a província síria de Idlib for libertada, terá que "libertar as zonas ocupadas ilegalmente pelos EUA, França e até pela Itália no norte do país". Por esse motivo, nenhum desses países quer a libertação da província.

Le Corf salientou que a intenção de manter o status atual poderia levar a "um massacre da população civil de Idlib", referindo-se às múltiplas advertências dos militares sírios e russos sobre a possível encenação de ataques químicos com o prop…

Capaz de disparar 4 balas por vez: assim poderia ser futuro rifle do exército dos EUA

O exército americano ordenou a produção de um protótipo militar para testar um fuzil criado por um residente da cidade de Colorado Springs.


Sputnik

O residente criou o provável novo fuzil do exército americano em sua garagem em Colorado Springs que se assemelha a "uma arma espacial, projetado por um aluno do quinto ano", sendo capaz de disparar 4 balas por vez, segundo o The Gazette.

093018-news-rifle1.jpg
Reprodução

O fuzil possui quatro canos de 6 mm, colocados um ao lado do outro dentro de uma placa de aço, onde uma série de cartuchos são acionados por disparadores eletromagnéticos podendo, teoricamente, proporcionar uma velocidade de 250 disparos por segundo.

O gatilho é um interruptor eletrônico que envia um sinal a um dispositivo eletromagnético localizado atrás do cartucho, permitindo ao atirador ativar os cartuchos tiro por tiro ou por rajadas.

O criador do fuzil Martin Grier é um "inventor" da cidade de Colorado Springs que utilizou ferramentas e acessórios amadores. E ele pode ter criado uma arma do futuro. O fato é que o exército americano está estudando o caso, ordenando, até mesmo, um protótipo militar para realização de testes.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas