Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Comando Conjunto apura denúncia de agressão de militares contra homens presos em operação no Rio de Janeiro

Oito homens teriam sofrido agressões após serem detidos durante operação no Complexo da Penha. Eles teriam sido levados para uma “sala vermelha” e sofrido golpes com pedaços de madeira.


Por G1 Rio

O Comando Conjunto da Forças Armadas instaurou nesta segunda-feira (29) um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar a denúncia de que militares do Exército teriam torturado presos. De acordo com reportagem do jornal Extra na última sexta-feira (26), oito homens sofreram as agressões após serem detidos durante uma operação.

Resultado de imagem para Comando Conjunto da Forças Armadas

O objetivo do inquérito é apurar se houve “supostos excessos e abusos contra perturbadores da ordem pública”. Os oito suspeitos foram detidos com armas e drogas no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio.

Alguns deles teriam sido levados para uma “sala vermelha” e teriam sofrido golpes com pedaços de madeira e levado chicotadas com fios elétricos. Os episódios teriam acontecido na 1ª Divisão de Exército, na Vila Militar.

Os sete detidos foram levados para cadeias públicas e um deles foi apresentado na Vara da Infância e Juventude por ser menor de idade. Ainda de acordo com o Comando Conjunto, o prazo para a conclusão do IPM é de 40 dias, podendo ser prorrogado por mais 20 dias.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas