Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

De olho na China, Japão planeja comprar mais 20 jatos F-35A

O Japão planeja incluir 20 caças avançados F-35A, de fabricação norte-americana, em seu novo plano de defesa de médio prazo para o período entre 2019 e 2023, segundo informou a mídia local neste sábado (13).


Sputnik

Segundo o jornal Yomiuri Shimbun, o Japão pretende ter em seu arsenal 42 aviões de combate em sua Força de Autodefesa Aérea até o ano fiscal de 2024.

Resultado de imagem para f-35 lightning ii japão
Primeiro F-35A do Japão, apresentado em 5 de junho de 2017 em Nagoya e fabricado pela Mitsubishi Heavy Industries (MHI) | Reprodução

O novo plano de defesa japonês, que será apresentado até o final de 2018, prevê a compra adicional de mais 20 aeronaves e todas elas devem ser colocadas à disposição no Japão até o ano fiscal de 2028, segundo a publicação.

O jornal ainda acrescentou fontes do governo acreditam que a aquisição de jatos F-35A é necessária para deter a crescente atividade militar da China.

Os caças serão colocados em bases localizadas em Miyazaki, Ibaraki e algumas outras prefeituras.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas