Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Defesa russa divulga VÍDEO de radicais do Daesh roubando 2 barris de cloro na Síria

O Ministério da Defesa russo publicou uma gravação que mostra terroristas transportando dois barris de cloro para o sul da província síria de Aleppo.


Sputnik

Segundo comunicou o Centro Russo de Reconciliação na Síria, os terroristas do Daesh lançaram um ataque contra o grupo jihadista Tahrir al-Sham (ex-Frente Al-Nusra) — ambas as organizações terroristas são proibidas em vários países, incluindo na Rússia.


Resultado de imagem para Defesa russa divulga VÍDEO de radicais do Daesh roubando 2 barris de cloro na Síria
Terroristas roubam barris de cloro na Síria | Reprodução


Em resultado do ataque, que ocorreu em 9 de outubro na zona de Al-Latamina, "dois membros dos Capacetes Brancos e quatro combatentes morreram", diz o comunicado da entidade russa.

Além disso, destaca-se que os combatentes do Daesh conseguiram capturar dois barris de cloro na sede de comando do Tahrir al-Sham que, em seguida, foram transportados para o sul da província de Aleppo e entregues ao grupo terrorista Haras Al-Din, afiliado ao Daesh.

No vídeo, divulgado pela Defesa russa, é possível ver um trator amarelo em funcionamento. Junto com o vídeo, são publicadas fotos de um caminhão com os barris.

Entretanto, o Centro Russo de Reconciliação na Síria destacou que os países ocidentais, que planejavam provocações contra as tropas governamentais sírias com a ajuda dos combatentes, não levaram em consideração a situação complicada que atualmente se observa na zona desmilitarizada de Idlib.

"Em resultado de tais ações irresponsáveis, as substâncias tóxicas foram parar nas mãos dos terroristas do Daesh, cujos passos seguintes são difíceis de predizer."

Idlib é o último grande reduto de militantes na Síria. Em 17 de setembro, o presidente russo, Vladimir Putin, e seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, decidiram criar até 15 de outubro uma zona desmilitarizada na cidade ao longo da linha de contato entre a oposição armada e as forças do governo.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas