Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

É divulgado VÍDEO da entrega dos S-300 russos para a Síria

O Ministério da Defesa publicou imagens da entrega de sistemas de mísseis antiaéreos S-300 à Síria, sendo retirados da aeronave de transporte militar An-124 Ruslan.


Sputnik

A Rússia entregou um total de 49 unidades de equipamento militar à Síria, no âmbito do fornecimento de sistemas de defesa antiaérea S-300.


Resultado de imagem para É divulgado VÍDEO da entrega dos S-300 russos para a Síria
É divulgado VÍDEO da entrega dos S-300 russos para a Síria - Sputnik Brasil

O objetivo da ação foi para aumentar a segurança do pessoal militar russo na guerra civil que devasta o país.

A decisão de fornecer sistemas S-300 para a Síria foi tomada logo após 17 de setembro, quando um míssil S-200 do sistema de defesa aérea sírio abateu por engano um avião russo Il-20, que estava voltando para a base de Hmeymim.

Ao mesmo tempo, quatro caças israelenses F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. Quando a defesa aérea síria respondeu ao ataque aéreo israelense, um dos mísseis derrubou o avião de reconhecimento russo Il-20.

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, responsabiliza Israel pelo incidente e anunciou medidas para melhorar a segurança dos militares russos na Síria, incluindo a entrega de S-300.

Segundo ele, serão necessários três meses para treinar os militares sírios a operar os S-300.


Comentários

Postagens mais visitadas