Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares revelam como suas vidas foram destruídas pelo Exército dos EUA

O Twitter oficial do Exército dos EUA realizou uma pesquisa para averiguar como o serviço impactou a vida de seus militares.
Sputnik

Atualmente, mais de 9.000 pessoas já compartilharam suas opiniões. Apesar de constatarem que o serviço no Exército fortalece fisicamente e emocionalmente as pessoas, dando algum sentido às suas vidas e abrindo perspectivas profissionais, há muitos outros comentários com declarações céticas e críticas sobre a influência do Exército dos EUA no mundo, no país e na sua vida pessoal.

Várias pessoas compartilharam histórias de seus familiares que cometeram suicídio, sofreram de transtorno por estresse pós-traumático, passaram por mudanças radicais de caráter e comportamento ou deixaram de ser saudáveis depois de participarem em ações militares dos EUA.

Além disso, há aqueles cujos familiares ou eles próprios foram abusados durante o serviço.

Outros usuários recordaram que os horrores da guerra deixam cicatrizes na mente.

Diversos outros usuários da rede social compa…

ELTA Systems, subsidiária da IAI, fornecerá radar WindGuard ao Exército norte-americano

A ELTA Systems, uma divisão e subsidiária da Israel Aerospace Industries (IAI), foi agraciada com um contrato da Leonardo DRS para fornecer ao Exército dos Estados Unidos o radar de proteção ativa WindGuard (ELM-2133).


DefesaNet

O radar será fornecido como parte integrante do sistema Rafael Trophy para os principais tanques de combate Abrams, com o intuito de dar suporte às necessidades operacionais imediatas.

Resultado de imagem para WindGuard (ELM-2133)
WindGuard (ELM-2133)

O contrato foi agraciado após uma demonstração bem-sucedida no programa Expedited Active Protection Systems (ExAPS) no M1A2 Abrams MBT. O WindGuard é um sistema de comprovada eficácia, instalado em veículos blindados de combate IDF Merkava e Namer.

Com mais de 30 anos de experiência da ELTA no desenvolvimento e implantação de tecnologia de radar, esse é o primeiro sistema operacional no mundo de proteção ativa quando um míssil está prestes a atingir um alvo (“hard kill").

O radar esquadrinha continuamente o entorno da plataforma em busca de ameaças contra mísseis tais como foguetes antitanque ou projéteis. Quando uma ameaça é detectada e rastreada pelo radar, ele dá um aviso antecipado à tripulação e ao mesmo tempo ativa o sistema para interceptar e neutralizar a ameaça antes que ela atinja a plataforma.



Resultado de imagem para WindGuard (ELM-2133)

O processo leva uma fração de segundo e é executado automaticamente sem intervenção humana. Yoav Tourgeman, CEO da ELTA e vice-presidente executivo da IAI, declarou: “O radar WindGuard proporciona recursos que beneficiarão imensamente o Exército dos Estados Unidos no que concerne à sua capacidade de proteger os tanques de combate Abrams contra ameaças no campo de batalha moderno. Temos orgulho de haver sido selecionados para fazer parte do prestigioso sistema de proteção ativa MTB do Exército norte-americano.”

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas