Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Empresa russa estaria desenvolvendo um novo míssil aeronáutico de calibre 130 mm

O consórcio russo Tecmash (uma subsidiária da Rostec) está trabalhando na produção de um novo míssil aeronáutico, o Monolit, com calibre de 130 mm, segundo o diretor da empresa Vladimir Lepin.


Sputnik

O diretor afirmou ainda que o projeto da fabricação do novo míssil não é um processo rápido, que o novo míssil será destinado para aviões e helicópteros militares e que o projeto está em andamento.


Imagem relacionada
Vladimir Lepin | Reprodução

"Nós estamos trabalhando, não ficamos parados", declarou Lepin, que ainda afirmou que com este trabalho a empresa quer mostrar que também está avançando no setor da aviação.

O novo míssil contará com um diversidade maior, além de outras funções não encontradas nos atuais mísseis russos, o que tornará o míssil em um dos mais avançados do mercado.

Anteriormente, a Tecmash havia desenvolvido o lançador de mísseis BM-30 de pequeno calibre para combater drones, helicópteros e alvos terrestres.

Na ocasião, foi afirmado que o BM-30 seria adotado pelas forças especiais, tropas aerotransportadas e pela Marinha.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas