Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Expansão da OTAN na Europa é uma 'relíquia da Guerra Fria', diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse em entrevista à imprensa sérvia publicada nesta quarta-feira (horário local) que a Rússia não quer uma nova corrida armamentista.
Sputnik

"Não vamos fechar os olhos ao desdobramento de mísseis de cruzeiro dos EUA [na Europa] e sua ameaça direta à nossa segurança. Teremos que tomar medidas eficazes de retaliação. Mas como país responsável e sensato, a Rússia não está interessada em uma nova corrida armamentista", afirmou.


Segundo o presidente russo, Moscou enviou em dezembro a Washington algumas propostas sobre a manutenção do Tratado INF. Além disso, Putin destacou que a Rússia está pronta para um diálogo sério com os Estados Unidos sobre toda a agenda estratégica.

No entanto, os Estados Unidos parecem ter uma política de "desmantelamento" em relação ao controle global de armas, acrescentou o presidente russo.

Durante a entrevista aos meios de comunicação sérvios, Putin também instou os parceiros ocidentais a estabelecer um …

Entenda motivo pelo qual iranianos não poderiam operar sistemas S-300 na Síria

Os sistemas de defesa antiaérea S-300PM-2 entregues pela Rússia à Síria possuem diferentes e melhores qualidades do que a versão básica, sendo militares russos os únicos capazes de operar os sistemas S-300PM-2 e contradizendo rumores de que especialistas iranianos vão operar os complexos na Síria.


Sputnik

A versão modificada dos S-300 possui radares melhorados, postos de controle móveis e dispositivos guiados.


Sistema de misiles antiaéreo S-300
S-300 Favorit © Sputnik / Uliana Soloviyova

Segundo fontes do Ministério da Defesa da Rússia, os rumores de que soldados iranianos vão operar os sistemas não corresponde à realidade e a informação não foi confirmada nem mesmo por Teerã, conforme o jornal Izvestia.

O sistema modificado S-300-PMU-2 fornecido pela Rússia ao Irã, é um equipamento destinado à exportação e foi construído de uma maneira mais simples com relação ao S-300PM-2, originalmente desenhado para uso interno. O que significa que o sistema entregue à Síria requer uma melhor capacitação, além disso, os S-300-PMU-2 não foram projetados para atuar com o equipamento russo de defesa antiaérea.

A mídia israelense, DEBKAfile, havia especulado sobre a possível operação do equipamento russo pelos militares iranianos, porém, a fonte que fez tal referência é familiarizada com a inteligência dos EUA e de Israel, assegurando ainda que Moscou havia ocultado suas intenções e que Washington e Tel-Aviv estariam supostamente preocupados com a situação.

Entretanto, EUA e Israel não se preocupariam de colocar em risco a vida dos soldados russos em um eventual ataque, além de que, se os iranianos estivessem agindo, isso demonstraria um sinal de fortalecimento do país na Síria, prejudicando os interesses de seus principais inimigos.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas