Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Entregas de caças F-35A para a Turquia continuam

Em 1º de outubro, o vice-almirante Mat Winter, diretor executivo do programa F-35, anunciou que os EUA entregarão mais dois F-35 à Turquia em março de 2019.


Poder Aéreo

O site americano Breaking Defense informou que Winter disse que não há mudança no status da Turquia como um parceiro do F-35 comprometido em comprar 100 aeronaves.

F-35A da Turquia
F-35A da Turquia

“Eles pagam todas as suas responsabilidades de compartilhamento de custos no prazo. Sua base industrial fornece múltiplas peças em todos os F-35 e continua a fornecer participação industrial de qualidade para nós”, disse o almirante.

“Não vejo qualquer indicação neste momento de qualquer alteração na entrega dos seus 100 jatos.”

É claro que o Departamento de Estado e a Casa Branca acabam controlando a venda de armas para países estrangeiros, com o Congresso possuindo o poder de aprovar leis que proíbam as vendas externas.

Se a venda do F-35 para a Turquia for interrompida, isso marcaria uma enorme mudança na política dos EUA e poderia dar início do fim da filiação de Istambul à OTAN.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas