Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono se diz pronto para admitir ter muitos 'criminosos' nas suas tropas

Depois que uma série de terríveis desastres de relações públicas que expôs soldados de elite dos EUA sendo presos por posse de drogas, abuso, estupro e assassinato, o Pentágono está reprimindo questões disciplinares em seu Comando de Operações Especiais, segundo um novo relatório.
Sputnik

Com "alegações de falta grave" acumulando-se altas demais para serem ignoradas após duas décadas de guerra, o general Raymond "Tony" Thomas, chefe do Comando de Operações Especiais, e Owen West, chefe de Operações Especiais e Conflito de Baixa Intensidade do Pentágono, esboçaram um ambicioso plano de 90 dias para descobrir como o corpo de elite militar se perdeu.


O primeiro de seu tipo, a avaliação profissional pretende "rever e reforçar os padrões éticos e de conduta", segundo documentos adquiridos pelo jornal The Washington Times.

"O primeiro passo em qualquer programa de tratamento é admitir que você tem um problema", disse uma autoridade do Comando de Operações…

Eritreia ressalta importância de acordo de paz com a Etiópia

O chanceler da Eritreia, Osman Mohammed Saleh, considerou que o acordo de paz assinado recentemente com a Etiópia ''põe fim a um período obscuro, um capítulo de guerra, tensão constante e luta'', citou hoje a imprensa local.


Prensa Latina
Asmara - O diário Haddas Ertra precisou que as palavras de Saleh foram emitidas como parte de sua intervenção na 73a Assembleia Geral das Nações Unidas.

O chanceler da Eritreia, Osman Mohammed Saleh | Reprodução

'Este avanço histórico, que inclusive está atrasado em quase duas décadas, permitirá a ambos países canalizar seus recursos, seu potencial e sua energia positiva unicamente para o desenvolvimento tão necessário', enfatizou o titular.

Além de infundir esperança e otimismo nos dois povos, qualificou de 'palpáveis' os dividendos positivos para a segurança no corno africano derivados do pacto.

'Isto está de fato atestado pelos novos marcos de cooperação integral que foram colocados em marcha nos últimos dois meses ou que estão à vista a nível regional', afirmou o ministro.

Por sua vez, assinalou que nos últimos seis decênios, os eritreus têm lutado por promover a justiça e fomentar um clima propício para o crescimento, não só de sua nação, mas de outros territórios vizinhos. 'Através da resiliência característica e o duro trabalho, agora têm vencido as injustiças perpetradas contra eles', concluiu.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas