Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Expansão da OTAN na Europa é uma 'relíquia da Guerra Fria', diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse em entrevista à imprensa sérvia publicada nesta quarta-feira (horário local) que a Rússia não quer uma nova corrida armamentista.
Sputnik

"Não vamos fechar os olhos ao desdobramento de mísseis de cruzeiro dos EUA [na Europa] e sua ameaça direta à nossa segurança. Teremos que tomar medidas eficazes de retaliação. Mas como país responsável e sensato, a Rússia não está interessada em uma nova corrida armamentista", afirmou.


Segundo o presidente russo, Moscou enviou em dezembro a Washington algumas propostas sobre a manutenção do Tratado INF. Além disso, Putin destacou que a Rússia está pronta para um diálogo sério com os Estados Unidos sobre toda a agenda estratégica.

No entanto, os Estados Unidos parecem ter uma política de "desmantelamento" em relação ao controle global de armas, acrescentou o presidente russo.

Durante a entrevista aos meios de comunicação sérvios, Putin também instou os parceiros ocidentais a estabelecer um …

EUA entregam helicópteros com falha na detecção de alvos para Coreia do Sul

Os radares de controle de tiro, integrados aos helicópteros Apache, não foram capazes de detectar alvos inimigos devido a falhas no software, além da falta de detecção naval, diz a mídia.


Sputnik

A Coreia do Sul comprou 36 helicópteros norte-americanos, Apache AH-64E, dentre eles, seis foram equipados com o radar de controle de tiro da fabricante Lockheed Martin.


Helicópteros AH-64 Apache nos exercícios militares Trident Juncture 2015, da OTAN
AH-64 Apache © REUTERS / Paul Hanna

Entretanto, durante uma operação simuladora de ataque aéreo, o radar falhou e não detectou o número de alvos inimigos, segundo o site Defense News, não reconhecendo quatro alvos designados de 101 alvos.

Em testes separados em áreas montanhosas, o radar reconheceu erroneamente 18 alvos que estavam a 6 km de nove alvos, e 18 alvos que estavam a 3 km de cinco alvos.

Além disso, apresentou falhas durante a execução de testes sobre a água, onde foi incapaz de reconhecer qualquer alvo.

Segundo o membro do Comitê de Defesa da Assembleia Nacional sul-coreana, Lee Jong-myung, "o propósito principal de adquirir os helicópteros de ataque Apache foi para ajudar a detectar e a combater uma possível infiltração da Coreia do Norte com barcos de alta velocidade ou aerobarcos pela costa ocidental da península".

"Sem uma capacidade operacional adequada do radar, não dá para ser completamente operacional em missões", informou o legislador sul-coreano ao DefenseNews.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas