Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Chefe da ONU diz que é essencial evitar escalada de tensões no Irã

O chefe da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, alertou neste domingo que é essencial evitar “qualquer forma de escalada” das tensões no Golfo, em meio a temores de um conflito após a derrubada de um drone norte-americano pelo Irã na semana passada.
Por Catarina Demony | Reuters

LISBOA (Reuters) - “O mundo não pode permitir um grande confronto no Golfo”, disse Guterres, nos bastidores da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, em Lisboa . “Todos devem manter nervos de aço.”

Na quinta-feira, um míssil iraniano destruiu um drone de vigilância dos EUA, em um incidente que o governo norte-americano disse que aconteceu no espaço aéreo internacional.

Trump disse mais tarde que ordenou o cancelamento de um ataque militar em retaliação pela ação que poderia ter resultado em 150 mortes.

Teerã repetiu no sábado que o drone foi abatido sobre seu território e disse que responderia com firmeza a qualquer ameaça dos EUA.

Os comentários de Guterres vêm um dia depois…

Exército iraquiano fortalece segurança na fronteira com a Síria

As Forças Armadas do Iraque intensificaram o controle de segurança na fronteira do país com a Síria nesta quinta-feira, segundo informaram as autoridades através de um comunicado.


Sputnik

"A presença [das forças iraquianas] nos postos fronteiriços e nos pontos de observação, bem como a construção e a patrulha de fortificações, fortalezas e cercas foram reforçadas na fronteira sírio-iraquiana", disseram as forças de segurança.

Militantes do Daesh na fronteira Síria-Iraque (arquivo)
Terroristas do Estado Islâmico na fronteira sírio-iraquiana © AFP 2018 / ALBARAKA NEWS

De acordo com a declaração, na cidade de Qaim, o trabalho de reconhecimento também foi reforçado para garantir a eliminação de quaisquer brechas que os terroristas pudessem usar para entrar no território iraquiano ou contrabandear armas. Todas as operações foram conduzidas em coordenação com a Força Aérea iraquiana.

A Síria se encontra em estado de guerra civil desde 2011, com as forças governamentais tendo que combater diferentes grupos armados de oposição, incluindo organizações terroristas, cujos membros tentam buscar refúgio em países vizinhos à medida que as tropas leais a Damasco avançam sobre áreas antes dominadas pelos jihadistas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas