Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Exército sírio encontra armas feitas nos EUA em esconderijos de terroristas em Damasco

Forças sírias descobriram incontáveis ​​depósitos de armas, munições e suprimentos fabricados no Ocidente e em Israel durante operações para limpar as áreas controladas por terroristas em todo o país nos últimos meses.


Sputnik

Autoridades da cidade de Yalda, a cerca de 10 quilômetros ao sul da capital síria, descobriram um grande estoque de armas e munições cuidadosamente escondidas dentro de um tanque de plástico em uma fazenda local abandonada por militantes, segundo a Agência de Notícias Árabe Síria.


A imagem pode conter: atividades ao ar livre
Reprodução Facebook


A descoberta incluiu rifles sniper no padrão da OTAN, uma arma anti-tanque portátil LAW, equipamento de visão térmica e noturna, granadas e dispositivos explosivos improvisados, bem como vários lançadores de RPG, fuzis Kalashnikovs e Dragunov.

Acredita-se que os militantes esconderam as armas no início deste ano antes de evacuarem da área para Idlib.

Tropas sírias concluíram a libertação dos subúrbios de Damasco de uma coleção heterogênea de milícias majoritariamente jihadistas no final de maio. Em meio a ofensivas bem-sucedidas na região de Damasco, Aleppo, Da'ara e outros lugares, militantes foram evacuados para Idlib, no noroeste da Síria, com a província se tornando o reduto final de terroristas e outros grupos armados de oposição. Estima-se que dezenas de milhares de militantes estejam concentrados na região, misturados a uma população civil de aproximadamente três milhões de pessoas.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas