Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares revelam como suas vidas foram destruídas pelo Exército dos EUA

O Twitter oficial do Exército dos EUA realizou uma pesquisa para averiguar como o serviço impactou a vida de seus militares.
Sputnik

Atualmente, mais de 9.000 pessoas já compartilharam suas opiniões. Apesar de constatarem que o serviço no Exército fortalece fisicamente e emocionalmente as pessoas, dando algum sentido às suas vidas e abrindo perspectivas profissionais, há muitos outros comentários com declarações céticas e críticas sobre a influência do Exército dos EUA no mundo, no país e na sua vida pessoal.

Várias pessoas compartilharam histórias de seus familiares que cometeram suicídio, sofreram de transtorno por estresse pós-traumático, passaram por mudanças radicais de caráter e comportamento ou deixaram de ser saudáveis depois de participarem em ações militares dos EUA.

Além disso, há aqueles cujos familiares ou eles próprios foram abusados durante o serviço.

Outros usuários recordaram que os horrores da guerra deixam cicatrizes na mente.

Diversos outros usuários da rede social compa…

Fragata Defensora recebe sistema de vigilância Atena da Ares

O Jane’s noticiou que a Ares Aeroespacial e Defesa, uma empresa privada brasileira da Elbit Systems, está em processo de instalação do sistema de vigilância eletro-óptico/infravermelho (EO/IR) da Atena na fragata Defensora (F41) da Marinha do Brasil, em substituição à alça EOS 400/10B.


Poder Naval

O sistema será operado a partir de um console dedicado localizado perto do centro de operações; no entanto, também pode ser colocado no sistema de controle tático SICONTA Mk II do navio.


O trabalho poderia levar à instalação do sistema nas demais fragatas Niterói (F40), Constituição (F42), Liberal (F43), Independência (F44) e União (F45). As quatro primeiras foram construídas no Reino Unido pela Vosper Thornycroft e as duas restantes no Brasil pelo Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), e comissionadas entre 1976 e 1980.

Atena

Segundo a Ares, Atena é um sistema de combate modular capaz de integrar diversos dispositivos do navio para oferecer aos operadores uma completa possibilidade de ação e conhecimento situacional, maximizando a efetividade das ações coordenadas para defesa e ataque.

O sistema também oferece imagens de alta qualidade, através das câmeras de vigilância diurna e noturna, além da capacidade de rastreamento automático de alvos e cálculo balístico.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas