Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China desenvolve 2 novos bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, diz inteligência americana

A Força Aérea da China, que já tem dois caças furtivos, está trabalhando em dois novos projetos de aviões furtivos de médio e longo alcance, informou um relatório da inteligência militar dos EUA.
Sputnik

Os fabricantes de aviões chineses estão envolvidos em dois projetos de bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, informou a edição Aviation Week, citando um relatório da Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA.


A existência de um desses projetos, H-20 ou H-X, foi confirmada pela Força Aérea Chinesa em 2017. Entretanto, não foi divulgada nenhuma informação confiável sobre o segundo projeto.

De acordo com o Pentágono, o segundo projeto, designado JH-XX, envolve o desenvolvimento de um caça-bombardeiro de médio alcance. O avião será equipado com radar AESA, mísseis ar-ar e mísseis ar-terra. Os especialistas em inteligência militar estadunidense acreditam que essa aeronave entrará em serviço da Força Aérea chinesa não antes de 2025.

No desenvolvimento desses novos aviões de comba…

Fragata Defensora recebe sistema de vigilância Atena da Ares

O Jane’s noticiou que a Ares Aeroespacial e Defesa, uma empresa privada brasileira da Elbit Systems, está em processo de instalação do sistema de vigilância eletro-óptico/infravermelho (EO/IR) da Atena na fragata Defensora (F41) da Marinha do Brasil, em substituição à alça EOS 400/10B.


Poder Naval

O sistema será operado a partir de um console dedicado localizado perto do centro de operações; no entanto, também pode ser colocado no sistema de controle tático SICONTA Mk II do navio.


O trabalho poderia levar à instalação do sistema nas demais fragatas Niterói (F40), Constituição (F42), Liberal (F43), Independência (F44) e União (F45). As quatro primeiras foram construídas no Reino Unido pela Vosper Thornycroft e as duas restantes no Brasil pelo Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), e comissionadas entre 1976 e 1980.

Atena

Segundo a Ares, Atena é um sistema de combate modular capaz de integrar diversos dispositivos do navio para oferecer aos operadores uma completa possibilidade de ação e conhecimento situacional, maximizando a efetividade das ações coordenadas para defesa e ataque.

O sistema também oferece imagens de alta qualidade, através das câmeras de vigilância diurna e noturna, além da capacidade de rastreamento automático de alvos e cálculo balístico.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas