Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono se diz pronto para admitir ter muitos 'criminosos' nas suas tropas

Depois que uma série de terríveis desastres de relações públicas que expôs soldados de elite dos EUA sendo presos por posse de drogas, abuso, estupro e assassinato, o Pentágono está reprimindo questões disciplinares em seu Comando de Operações Especiais, segundo um novo relatório.
Sputnik

Com "alegações de falta grave" acumulando-se altas demais para serem ignoradas após duas décadas de guerra, o general Raymond "Tony" Thomas, chefe do Comando de Operações Especiais, e Owen West, chefe de Operações Especiais e Conflito de Baixa Intensidade do Pentágono, esboçaram um ambicioso plano de 90 dias para descobrir como o corpo de elite militar se perdeu.


O primeiro de seu tipo, a avaliação profissional pretende "rever e reforçar os padrões éticos e de conduta", segundo documentos adquiridos pelo jornal The Washington Times.

"O primeiro passo em qualquer programa de tratamento é admitir que você tem um problema", disse uma autoridade do Comando de Operações…

Manobras britânicas de grande escala visam treinar 'resistência' à Rússia, diz mídia

O Exército britânico efetuará em Omã os exercícios Saif Sareea 3, os maiores desde 2001, comunicou o jornal britânico The Times.


Sputnik

Segundo o cenário das manobras, o papel de "inimigo" convencional será desempenhado por um destacamento motorizado de reconhecimento composto por 150 homens, que agirá em conformidade com a tática militar russa. Veículos blindados britânicos imitarão os poderosos tanques russos Т-72, segundo The Times.

Militares britânicos em Vilnius, Lituânia
Militares britânicos © AP Photo / Mindaugas Kulbis

"Tentaremos aprender a fazer frente a exércitos que podem ser melhor equipados, ter melhor preparação e que nos colocam as tarefas mais difíceis", declarou um representante da sede de comando dos exercícios.

Os Saif Sareea 3 terão lugar no último trimestre de 2018. Das manobras participarão mais de 5 mil militares, 200 veículos blindados, 7 navios, 8 caças, bem como mil drones, com um preço unitário avaliado em 1.300 dólares (cerca de 5.000 reais).

Nos últimos anos, a Rússia tem denunciado a atividade sem precedentes dos países da OTAN perto das suas fronteiras ocidentais. A Aliança está multiplicando as suas ações e chama isso de "contenção da agressão russa".

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, sublinhou mais de uma vez que a Rússia não representa ameaça para ninguém, porém não deixará sem atenção as ações potencialmente perigosas para seus interesses.

Em setembro, a Rússia realizou, em conjunto com a China e Mongólia, as manobras militares Vostok 2018, as maiores da moderna história russa. Elas envolveram mais de 300 mil militares e cerca de 36 mil unidades de equipamento e armamento (mais de mil aviões, cerca de 80 navios, helicópteros, drones, tanques, veículos blindados de transporte e outros).

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas