Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares juntam-se à polícia em protesto dos "coletes amarelos". Há 31 detidos

Os militares da operação antiterrorista "Sentinela" foram mobilizados para proteger as principais instituições francesas. Ao final da manhã, os coletes amarelos eram ainda em pequeno número na capital e quase invisíveis entre a população.
Diário de Notícias

As forças armadas francesas juntaram-se à polícia, este sábado, em Paris, para enfrentar o 19º fim de semana consecutivo de protestos dos coletes amarelos contra o governo do presidente Emmanuel Macron. Ao final da manhã, com os locais habituais de manifestação interditos e o reforço militar junto às principais instituições francesas, os "coletes amarelos" passavam quase despercebidos entre turistas e parisienses.

Segundo a Reuters, o governo francês decidiu mobilizar os militares da operação antiterrorista "Sentinela", depois de ter proibido os manifestantes de se reunirem nos Campos Elísios, onde no último fim de semana dezenas de lojas foram destruídas e algumas completamente pilhadas.

Além da presença …

Mecânico dispara acidentalmente míssil e destrói F-16 em base área belga

Foi aberto um inquérito para investigar o incidente.


Diário de Notícias

Um mecânico na base área de Florennes, no sul da Bélgica, disparou acidentalmente um míssil de um F-16, na passada quinta-feira. O míssil atingiu outro F-16 e causou ferimentos ligeiros em dois mecânicos, que sofreram perda de audição.

O avião F-16 é um modelo americano que vale vários milhões de dólares © Via Twitter @paulszoldra

"Não podemos evitar pensar no desastre que poderia ter acontecido", disse o coronel Didier Polome, responsável pela base aérea, citado pela agência Reuters.

O comandante da base aérea revelou ainda que foi aberto um inquérito para apurar as causas do acidente.

O F-16 é um caça que custa milhões de dólares.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas